ULTRASSONOGRAFIA PENIANA + TESTE DE EREÇÃO 

É um procedimento não invasivo, utilizado para avaliação, seguimento, diagnóstico e caracterização das alterações e/ou lesões da região peniana. Este exame investiga os corpos cavernosos, procurando avaliar a presença de fibroses e calcificações que possam contribuir para o aparecimento de determinadas patologias, auxiliando, complementando e interagindo com outras especialidades médicas.  É um método que não utiliza nenhum tipo de radiação e não apresenta efeitos colaterais.

 O exame de teste de ereção fármaco induzido consiste na administração de um medicamento que promove a ereção de um paciente. Normalmente é realizado pela via intra peniana mas pode ser realizado por medicamento oral. A realização ou não do exame será decidido em conjunto, urologista e paciente, no momento da avaliação médica.  Obrigatoriamente, o paciente é orientado sobre o exame assim como a assinatura de um termo de consentimento antes da realização do mesmo. Após a aplicação do medicamento, o urologista aguarda 30 minutos para ver qual é a resposta erétil ao teste.

ULTRASSONOGRAFIA DE PRÓSTATA

Exame indolor, não invasivo, sem efeitos colaterais com duração média de 20 minutos.

Preparo: não há necessidade de jejum; apenas bexiga cheia com vontade de urinar.

Indicações:

  • Avaliação da bexiga, vesículas seminais e próstata,
  • Investigação de sintomas urinários como dificuldade miccional, dor para urinar e retenção urinária,
  • Hematúria (sangue na urina),
  • Avaliação do volume da próstata com resíduo pós-miccional.

USG TESTICULAR COM DOPPER

Trata-se de um exame sem radiação, indolor, sem necessidade de qualquer preparo para realiza-lo com duração média de 20 minutos. Tem como objetivo avaliar a anatomia e irrigação sanguínea da bolsa escrotal, testículos e cordão espermático.

As indicações são para avaliar a presença de:

  • Líquido ao redor dos testículos (hidrocele)
  • Varizes testiculares(varicocele)
  • Atrofia testicular (diminuição do vol. testicular)
  • Hérnias inguinais e inguino-escrotais
  • Processos inflamatórios e infecciosos nos testículos e epidídimos (orquiepididimites)
  • Tumores testiculares
  • Torção testicular
  • Investigação de dor testicular crônica (orquialgia)
 
ULTRASSOM DAS VIAS URINÁRIAS

É um procedimento não invasivo, utilizado para avaliação, seguimento, diagnóstico e caracterização das alterações e/ou lesões que possam ocorrer nessa região. A Ultrassonografia de Rins e Vias Urinárias é um procedimento não invasivo, utilizado para avaliação, seguimento, diagnóstico e caracterização das alterações e/ou lesões que possam ocorrer nessa região, auxiliando, complementando e interagindo com outras especialidades médicas. É um método que não utiliza nenhum tipo de radiação e não apresenta efeitos colaterais. Para este exame a repleção da bexiga é essencial, pois desloca as alças intestinais e atua como uma janela para a transmissão das ondas ultra-sônicas, facilitando a visualização e avaliação da área a ser examinada.